MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Juazeirense vence Sampaio Corrêa e consegue primeiro triunfo no Nordestão

Juazeirense vence Sampaio Corrêa e consegue primeiro triunfo no Nordestão

A Juazeirense conseguiu uma vitória acachapante nesta quarta-feira (22). Em duelo disputado no Estádio Adauto Moraes, o Cancão de Fogo venceu o Sampaio Corrêa por 3 a 0, com gols marcados por Robert (duas vezes) e Emerson Bahia.

O triunfo foi o primeiro da equipe comandada pelo técnico Paulo Sales na Copa do Nordeste. O Cancão chegou aos três pontos e agora ocupa a terceira colocação no Grupo C do certame regional.

 O próximo compromisso da Juazeirense é pelo Campeonato Baiano. O time vai pegar o Jacuipense, quinta-feira (2), fora de casa. No Nordestão, o Cancão de Fogo volta a campo no dia 11, contra o Sport, na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA

Juazeirense x Sampaio Corrêa
Copa do Nordeste - 3ª rodada
Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro
Data: 22/02/2017
Horário: 19h30

Árbitro: Avelar da Silva
Assistentes: Renan da Costa e Jailson da Silva.
Cartões amarelos: Danilo Bala (Juazeirense); Otávio e Hiltinho (Sampaio Corrêa).
Gols: Robert (duas vezes) e Emerson Bahia

Juazeirense: Tigre; Nen (Capone), Emerson, Júnior Gaúcho (Michel) e Elton Lira; Waguinho, Patrik e Everlan; Sassá (Emerson Bahia), Danilo Bala e Robert. Técnico: Paulo Sales.

Sampaio Corrêa: Jean; Arthur, Marques (Breno), Sanches e Esquerdinha; Daniel Barros, Otávio (Cleitinho), Valderrama e Hiltinho; Clóvis e Carlos Alberto (Guilherme). Técnico: Vinícius Saldanha.

Fonte Glauber Guerra / bahianoticias

Foto: Divulgação/ Juazeirense/ Look Assessoria

Vitória bate o Bragantino e avança na Copa do Brasil

Jogadores comemoram um dos gols do Vitória - Foto: Margarida Neide | Ag. A TARDE
Mesmo sem apresentar um bom futebol, o Vitória superou o Bragantino por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, 22, e passou para a terceira fase da Copa do Brasil.
 O rubro-negro baiano vai enfrentar o vencedor de Vila Nova x Vasco, em jogo que acontece na quarta-feira, 1º de março. Enquanto espera, a próxima partida do Vitória será pela Copa do Nordeste, sábado, 25, às 18h45, contra o América-RN, na Arena das Dunas.

O jogo começou com o Vitória pressionando o Bragantino, que claramente buscava o empate que levaria o jogo para os pênaltis. Apesar da maior posse de bola, o ataque do Vitória tinha dificuldades de levar perigo. Pineda era o que mais se destacava no ataque rubro-negro.
A equipe baiana abriu o marcador aos 21 minutos. José Welison cobrou escanteio e André Lima se esticou todo para acertar de cabeça e abrir o marcador. Cinco minutos depois, José Welison mostra que está com o pé calibrado e cruza para Cleiton Xavier ampliar o marcador.
O segundo gol do Vitória acendeu o Bragantino que passou a ir mais para o tudo ou nada, já que só, no mínimo, o empate interessaria. O susto da torcida rubro-negra foi aos 31 minutos. José Welison derrubou Adriano Paulista na área e o juiz marcou pênalti. Vitor cobrou e diminuiu o marcador.

Pineda continuava levando perigo para a defesa do Bragantino. Em uma oportunidade, ele mandou uma bomba para bela defesa de Renan Rocha. Em outra, cruzou para André Lima, que não chegou a tempo.
Segundo tempo tenso
A segunda etapa começou e logo aos 8 minutos o Vitória ampliou o marcador. Após falta perto da área, Fred cobrou com categoria e marcou o primeiro gol dele no jogo.
Aos 24, lance polêmico. Cleiton Xavier puxou o contra-ataque e tocou para Paulinho, sozinho, marcar, mas assistente acusou impedimento e gol foi anulado.
O Bragantino botou fogo no jogo novamente aos 31 minutos. Daniel Ferreira recebeu quase na pequena área e bateu cruzado, Fernando Miguel ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.
A equipe paulista partiu para cima do Vitória, que buscava o contra-ataque e jogava acuado no próprio campo. Com 38 minutos, Pineda foi substituído e torcida chamou Argel de burro. David, que entrou no lugar dele teve a chance de calar e acalmar a torcida aos 42. Ele driblou o goleiro e, com o gol escancarado, mandou para longe soltando uma bomba.
A torcida do Vitória só relaxou quando o árbitro apitou o fim do jogo.
Vitória 3 x 2 Bragantino - 2ª Fase da Copa do Brasil
Local: Barradão, em Salvador
Quando: Quarta-feira, 22, às 19h30
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Johnny Barros de Oliveira e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)
Cartões amarelos: Euller, Uillian Correia  e José Welison (Vitória); Vitor Braga (Bragantino)
Gols: André Lima, Cleiton Xavier e Fred (Vitória); Vitor Braga e Daniel Ferreira (Bragantino)
Vitória - Fernando Miguel; José Welison, Kanu, Fred e Euller; Uillian Correia (Bruno Ramires), Willian Farias e Cleiton Xavier; Pineda (David), Kieza e André Lima (Paulinho). Técnico: Argel Fucks.
Bragantino -  Renan Rocha; Kellyton, Juliano, Guilherme Mattis e Revson (Rafael Grampola; Adenilson, Edson Sitta, Vitor Braga e Rafael Chorão (Giva); Anderson Ligeiro (Daniel Ferreira) e Adriano Paulista.
Foto Margarida Neide | Ag. A TARDE

A tarde Bruno Porciuncula

Bahia vacila e leva empate do Flu de Feira nos acréscimos

Zé Rafael, assim como todo time, só foi bem na etapa inicial - Foto: Felipe Oliveira | EC Bahia | Divulgação
O cenário não poderia ser melhor. O Bahia saiu na frente do Fluminense, na noite desta quarta-feira, 22, no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, e ainda atuou praticamente o segundo tempo inteiro com um jogador a mais – zagueiro Eduardo havia sido expulso.
Além disso, o Touro fez as três substituições que tinha direito na primeira etapa, o que sinalizava para um desgaste físico no segundo tempo do time feirense. Mesmo assim, o Esquadrão não fez mais gols e pagou caro no apagar das luzes: Rogério empatou para o Touro do Sertão: 1 a 1.
Com o resultado, as duas equipes chegaram a 11 pontos e deixaram o Vitória, com 12, na liderança do Baianão. O Esquadrão foi superior e logo abriu o placar com Gustavo, após falta cobrada por Juninho. O centroavante, porém, estava em posição de impedimento, e o lance terminou anulado pela arbitragem.
O Touro chegou com perigo duas vezes na etapa inicial, ambas pelo lado esquerdo. Na primeira, Luiz Paulo desviou para fora. Na segunda, Jorge Wagner tirou tinta da trave esquerda de Anderson. O Bahia abriu o placar em lance de bola parada. Juninho cobrou falta, a zaga do Flu não afastou o perigo e Éder chutou para balançar a rede – redonda ainda desviou antes de ir para o gol.
No segundo tempo, o zagueiro Eduardo, do Fluminense, foi expulso depois de acertar a cabeça do lateral-esquerdo Juninho Capixaba. Mas o Bahia não aproveitou os espaços para garantir o resultado. Criou pouco.
No melhor lance, Mário – que havia entrado no lugar de Diego Rosa – chutou de fora da área e Jair espalmou. Aos 50 minutos, após cobrança de escanteio e confusão na área, Rogério mandou para a rede e igualou o placar: 1 a 1.
Agora, o Bahia volta suas atenções para a Copa do Brasil. Neste sábado, a equipe comandada por Guto Ferreira vai a Curitiba enfrentar o Paraná Clube. O Esquadrão terá de vencer o jogo para se classificar, já que o empate levará a decisão para a disputa de pênaltis.
Fluminense de Feira 1 x 1 Bahia - 6ª rodada da primeira fase do Campeonato Baiano
Local: Joia da Princesa, em Feira de Santana
Quando: Quarta-feira, 22, às 21h45
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Cláudio Antônio Dias Aragão (BA)
Gol: Éder (Bahia) e Rogério (Fluminense)
Cartão Amarelo: Guto
Cartão Vermelho: Eduardo
Fluminense de Feira - Jair; Jarbas, Igor (Rafhael), Eduardo e Deca; Alexandre (Alessandro Azevedo), Guto (Rogério); Jorge Wagner e Fernando Sobral; Luiz Paulo e Janeudo. Técnico: Arnaldo Lira.
Bahia - Anderson; Éder, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba;  Matheus Sales, Juninho, Renato Cajá (Marco Antônio) e Diego Rosa (Mário); Zé Rafael (Kaynan) e Gustavo. Técnico: Guto Ferreira.
Foto Felipe Oliveira | EC Bahia | Divulgação

Fonte Tiago lemos / ATARDE 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Guto Ferreira diz que Maikon Leite só estreia depois do Carnaval

Guto analisou o Flu de Feira, próximo rival do Tricolor - Foto: Felipe Oliveira | EC Bahia
Os torcedores do Bahia mais ansiosos terão que esperar um pouco mais pela estreia do atacante Maikon Leite. O técnico Guto Ferreira disse, em coletiva de imprensa, nesta terça-feira, 21, que o jogador fez um apenas um treino com bola e deve reforçar o ataque da equipe apenas depois do Carnaval.
"Maikon dentro do nosso projeto é pós-carnaval. Fez um treino com bola ontem (segunda-feira, 20) e hoje (terça, 21) vai repetir. Vai no processo cumulativo e progressivo até chegar o momento que ele vai estar 100%. Ainda é um pouco precoce. Gostaríamos, é um jogador com uma velocidade incrível, tem muito a acrescentar ao grupo", elogiou Guto.
Segundo o treinador, o jogador ainda não está 100% fisicamente para jogar e o seu tipo físico requer cuidados. De acordo com Guto, "Jogadores com esse perfil se tiverem com musculatura desequilibrada, se tiverem mal trabalhados ou até bem trabalhados correm risco de lesão muscular com muita facilidade. São jogadores que dificilmente têm condição de jogar 90 min sempre. É o jogador que vai jogar 60, 70. Pra jogar todos os jogos, raramente ele vai completar 90 min. Mas geralmente os 60 min que ele faz, faz diferença", explicou.

O treinador está preparando a equipe para o duelo desta quarta-feira, 22, às 21h45, quando enfrentará o Fluminense de Feira, 3° colocado na tabela, no estádio Joia da Princesa. Segundo Guto Ferreira, a equipe de Feira é forte, ainda mais jogando dentro de casa. "É um time maduro, de bom nível técnico, com jogadores que já figuraram em grandes clubes, vive um bom momento dentro da competição. E com certeza jogando dentro dos seus domínios, ainda por cima é um time que tende a ser um nível de dificuldade bastante grande. Mas vamos fazer o nosso melhor,  pode ter certeza, independente de quem vai estar na partida", analisou. 

Foto Felipe Oliveira | EC Bahia
Fonte  A TARDE 

Eu sou um cara que procuro sempre o gol", diz Kanu

Kanu falou sobre o gol marcado que garantiu o triunfo diante do Bahia de Feira - Foto: Maurícia da Matta | EC Vitória
Na segunda partida oficial com a camisa do Leão em 2017, o zagueiro Kanu já deixou a sua marca na temporada. O jogador foi o autor do gol do triunfo diante do Bahia de Feira por 1 a 0, no último domingo, 19, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana. Nesta terça-feira, 21, em coletiva na Toca do Leão, o jogador disse que sempre procura tocar na bola dentro da área adversária em busca de gols.
"Sempre falei que é sempre bom pro zagueiro estar sempre marcando. Eu sou um cara que procuro sempre o gol. Quando eu vou pra área, eu tento ao máximo tocar na bola, finalizar, pra tentar fazer o gol, que é o objetivo de todos. Tô feliz por ter marcado e ajudado a equipe a sair com a vitória", contou o zagueiro artilheiro.
Apesar do resultado garantir a liderança isolada do Baianão, o Leão já mudou a chave e agora terá pela frente o Bragantino, nesta quarta-feira, 22, no Barradão, pela Segunda Fase da Copa do Brasil. A partida marca o encontro de Kanu com um velho conhecido. Trata-se de Guilherme Mattis, companheiro de zaga do jogador nas últimas duas temporadas. "Guilherme foi um jogador que eu trabalhei por 2 anos, jogador com qualidade, tem uma amizade, independente de qualquer coisa. Espero que ele faça um bom jogo, mas que a gente saia com a vitória", disse.
A partida, no entanto, vale muito para o Leão. O atleta rubro-negro disse que o time já estudou o rival bragantino e garantiu que o Vitória vai conseguir a classificação.

"É uma partida difíciil, um adversário que tem qualidade, estudamos um pouco o adversário, sabemos a dificuldade que vamos encontrar aqui. Mas estamos jogando dentro de casa, precisamos ganhar, é um jogo de eliminatória, não tem jogo de ida e volta, a Copa do Brasil mudou", contou o jogador, que continuou: "Então precisamos fazer aqui um bom resultado. Temos que ganhar até de meio a zero, mas temos que ganhar. Acredito que a gente tem um plantel bom, focado, acredito que vamos chegar aqui amanhã pra fazer um bom jogo e com certeza sair com a classificação", garantiu.

Foto Maurícia da Matta | EC Vitória
Fonte A TARDE 


Bahia estreia em casa no Brasileirão e Vitória viaja para o sul; confira tabela


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou aos clubes nesta segunda-feira, 20, a tabela do Campeonato Brasileiro de 2017, durante reunião com os 20 times da competição. Remanescente da edição do ano passado, o Vitória faz a sua estreia fora de casa, contra o Avaí, em Santa Catarina, no dia 13 ou 14 de maio. Já o Bahia, que conseguiu o acesso à elite depois de conquistar o quarto lugar da Série B de 2016, dá a largada na comeprtição diante do Atlético Paranaense, na Arena Fonte Nova.

O primeiro clássico Ba-Vi será realizado na 11ª rodada. Com mando de campo do Vitória, o duelo entre as equipes baianas será realizado no Barradão, no dia 1º ou 2 de julho. O clássico baiano disputado na Série A foi no dia 21 de setembro de 2014, quando o Vitória venceu por 2x1, na Fonte Nova.

A tabela apresentada pela CBF é chamada de 'básica', porque ainda não tem locais, datas e horários totalmente definidos. Os clubes ainda podem solicitar alterações até a divulgação da tabela oficial, que deverá ser divulgada no site da entidade nesta terça, 21.

Confira os jogos do primeiro turno:

1ª RODADA (13 ou 14/5)

Fluminense x Santos
Flamengo x Atlético-MG
Palmeiras x Vasco
Corinthians x Chapecoense
Cruzeiro x São Paulo
Coritiba x Atlético-GO
Grêmio x Botafogo
Bahia x Atlético-PR
Ponte Preta x Sport

Avaí x Vitória

Foto Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE
Fonte  A TARDE