Radio Ao Vivo

MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

FBF completa 107 anos de fundação

Uma das mais antigas entidades desportivas do país, a Federação Bahiana de Futebol completa, nesta segunda-feira (14), 107 anos de fundação. Fundada em 14 de setembro de 1913, a FBF construiu, até aqui, uma história de conquistas e destaque nacional. A História - Apesar de oficialmente fundada em 1913, a história da entidade máxima do futebol baiano começou a ser escrita 12 anos antes. Em 1901, o jovem estudante José Ferreira Júnior, conhecido como Zuza Ferreira, apresentou aos baianos um até então desconhecido objeto que trouxe na bagagem de uma viagem para a Inglaterra. Tratava-se de uma bola. No Campo da Pólvora, Zuza reuniu os amigos e dividiu o grupo em dois times. Em seguida, ele marcou o gol com duas pedras e deu início à prática do futebol no Estado. Nos anos seguintes, o esporte passou por diversas adaptações. Regras oriundas da Europa foram trazidas e os primeiros clubes foram surgindo no Estado. O primeiro deles foi o Club Internacional de Cricket, em 1903, e dedicado exclusivamente ao futebol. O Club de Cricket Victória, atual Esporte Clube Vitória, foi fundado antes, em 1899, mas passou a praticar o futebol também em 1903. A primeira partida oficial, por sua vez, foi entre Sport Club Bahiano e o Sport Clube Itapagipe. Não demorou muito após o primeiro jogo e o futebol cresceu de uma maneira que foi preciso ser criada uma entidade para dar conta da organização de partidas e campeonatos. Foi aí que, em 1904, surgiu a Liga Bahiana de Sports Terrestres (LBST). A LBST realizou o primeiro Campeonato Baiano em 1905, mas, oito anos depois, passou por uma série de dificuldades e acabou fechada. Porém, a força que o futebol já havia construído não destruiu o sonho e, no dia 14 de setembro de 1913, foi fundada a Federação Bahiana de Futebol, que está localizada na Praça Castro Alves, no Centro Histórico de Salvador, no coração do tradicional Carnaval da capital. Ao longo de uma trajetória de de sucesso, dedicação e muito trabalho em prol do futebol baiano, diversos presidentes passaram pela entidade, que hoje é presidida pelo analista de sistemas Ricardo Lima. O dirigente assumiu o comando da FBF em janeiro de 2019, ao lado do advogado Manfredo Lessa, seu vice-presidente. Competições - Fazem parte do calendário de competições da FBF o Campeonato Baiano Profissional Série A, Campeonato Baiano Profissional Série B, Campeonato Baiano Sub-20, Campeonato Baiano Infantil e Juvenil, Campeonato Intermunicipal, Campeonato Baiano Feminino, Copa Governador do Estado e Torneio Seletivo. Estes dois últimos não acontecem anualmente e dependem da aprovação e participação dos clubes.
Ricardo Lima e Manfredo Lessa, presidente e vice-presidente da FBF, respectivamente (Foto: Max Haack/Ag. Haack/Bahia Notícias) Além destes campeonatos, dos quais é a responsável, a FBF também cumpre seu papel de fomentar o futebol em toda a Bahia, apoiando diversas outras competições, organizadas por parceiros. Algumas delas são as Copas Regionais de seleções adultas, organizadas pelas ligas municipais, Copa 2 de Julho de Futebol Sub-15 e Copa Metropolitana Sub-15, elaboradas pela Sudesb, Campeonatos Regionais de Base, promovidas pelo Esporte Clube Vitória, Red Ball Cup, organizada pela Rede Record, a Copa Salvador de Futebol Dente de Leite, em parceria com a prefeitura, a Salvador Cup Sub-16, organizada pelo Esporte Clube Jacuipense, entre muitas outras. O presidente Ricardo Lima e o vice-presidente Manfredo Lessa, em nome de toda a diretoria e colaboradores da FBF, agradecem às diversas demonstrações de carinho de filiados, da CBF, Federações de futebol do país, autoridades políticas e do esporte, membros da imprensa esportiva e parceiros pelo aniversário de fundação da entidade. Por Comunicação FBF

terça-feira, 8 de setembro de 2020

Árbitra de Copa do Mundo apita duelo entre Cruzeiro e Vitória

Árbitra de Copa do Mundo apita duelo entre Cruzeiro e Vitória Um dos destaques no cenário da arbitragem feminina brasileira, a árbitra Edina Alves Batista estará à frente da equipe de arbitragem no duelo entre Cruzeiro e Vitória, na próxima sexta-feira, 11, às 21h30, no Mineirão, pela 9ª rodada da Série B. Professora de Educação Física, Edina apita pela Federação Paulista de Futebol (FPF) desde 2007. Em 2019, a paranaense de Goioerê, a 527 km de Curitiba, ganhou destaque internacional após apitar, ao lado das também brasileiras Neuza Back e Tatiane Camargo, o duelo entre Inglaterra x EUA, válido pela semifinal da Copa do Mundo de futebol feminino. A história de Edina também foi notícia no site oficial da Fifa, no último dia 21, onde a federação mundial contou a história de superação da árbitra brasileira. "Eu estudava à noite, para me tornar professora de educação física e era árbitra à tarde, então eu precisava de um trabalho que começasse cedo. Encher sacos de terra em um viveiro de sementes se encaixava nisso. Começava a trabalhar cedo, corria para treinar à tarde e depois ia para a escola. Claro que era exaustivo, mas todo vez que eu enchia os sacos de terra, eu fazia pensando: 'Isso vai me ajudar a fazer o que mais quero, que é arbitrar partidas de futebol' ", contou Edina ao site da Fifa. Fonte ATARDE Foto Divugação FIFA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA LIGA DE FUTEBOL DE PORTO SEGURO

A Presidência da Liga de Futebol de Porto Seguro – LFPS, em conformidade com os artigos: Art. 13, parágrafo único, - § único, Art. 19 Inciso II alíneas a e b - § único, Art. 22, Art. § único, do Estatuto da entidade, convoca através deste Edital todos os Presidentes legais das Associações filiadas à LIGA DE FUTEBOL DE PORTO SEGURO, para uma Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 08 de outubro de 2020 – às 19:00h. na sede social da Liga de Futebol de Porto Seguro - LFPS, sito Rua Bernardo Spector, Estádio Municipal de Porto Seguro, nº169, Sala 12, Centro, Porto Seguro, estado da Bahia. Cristiano Ferreira Presidente Liga de Futebol de Porto Seguro

sexta-feira, 4 de setembro de 2020

FBF cancela o Intermunicipal 2020

Maior competição de futebol amador do Brasil e fonte de sustento para milhares de famílias baianas, o Intermunicipal será ausência no calendário do futebol da Bahia em 2020. A Federação Bahiana de Futebol confirma nesta quarta-feira (2) a não realização do campeonato neste ano (Confira abaixo a RDI). A difícil decisão foi tomada em conjunto pela diretoria da entidade e as Ligas Desportivas. Mais de 70 delas, que disputariam o certame, foram ouvidas. O que motivou as partes a cancelarem a competição foi a pandemia do novo coronavírus. As cidades baianas tiveram suas atividades, tanto esportivas como econômicas, prejudicadas pela Covid-19. A realização do Intermunicipal acarretaria em aumento de despesas para as Ligas, que muitas vezes dependem do apoio do poder público municipal, e não teriam arrecadação com bilheteria, já que os jogos aconteceriam sem público. A cada partida, mais de 50 profissionais envolvidos precisariam ser submetidos a testes da doença. As seleções ainda enfrentariam dificuldades com deslocamento e hospedagens na cidades que sediariam os confrontos. Mas, a decisão não representa um adeus, apenas um até logo. Em 2021, o Intermunicipal estará de volta com geração de empregos, comércios movimentados, fomento do esporte e até mesmo do turismo nos municípios do Interior baiano. RDI-05/20 Fonte Comunicação FBF

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Após derrota, Roger Machado é demitido do Bahia

O técnico do Bahia, Roger Machado, não resistiu a derrota por 5 a 3, diante do Flamengo, na noite desta quarta-feira, 2, no estádio de Pituaçu, em Salvador. O cargo do comandante vinha sendo colocado em cheque após as más atuações do time, principalmente após o retorno da paralisação do futebol. Em coletiva, Guilherme Bellintani falou sobre a saída do treinador: "Conversamos com ele e decidimos pelo desligamento. Um treinador que vem desde abril do ano passado e desenvolvendo um trabalho muito bom para o clube. Um técnico que escolheu o Bahia e foi tido por muitos como alguém que havia dado 'um passo atrás'. Ele acreditou no nosso projeto e ele viu que tinha feito uma boa escolha. O clube cresceu com o Roger e ele também cresceu como treinador, mas percebemos que era hora de fechar um ciclo". De acordo com o mandatário, a exibição do time diante do Flamengo foi um fator preponderante para o desligamento, principalmente o primeiro tempo do duelo. Bellintani ainda fez uma análise acerca do Bahia nas partidas anteriores, pelo Brasileirão Série A. "O jogo foi muito ruim, principalmente o primeiro tempo. Não foi uma derrota normal. Nos outros jogos, flutuamos entre bons e maus momentos. Mas muitos torcedores reclamaram, por exemplo, do empate com o São Paulo, dizendo que faltou ambição. No entanto, ambição não é um botão que a gente aperta. Quase ganhamos do São Paulo. Eu olho meus defeitos e os do clube, mas não vou ficar cego de ver só as coisas negativas", afirmou. Por fim, Bellintani foi questionado sobre a necessidade de peças no elenco do Esquadrão. Segundo o gestor, essa avaliação será feita pelo próximo treinador, que ainda não foi anunciado. "Acho que está claro que temos algumas necessidades e isso será avaliado pelo próximo treinador. O time tem apresentado algumas lacunas, mas as vezes a solução pode estar dentro do próprio elenco. Se o sucessor achar que essas soluções não estão no grupo, poderemos pensar a partir do provável desligamento de Fernandão e ocupar esse espaço com alguma outra contratação", explicou o presidente O treinador chegou ao Esquadrão em abril do ano passado, após a saída de Enderson Moreira. Á frente do Tricolor, Roger disputou 74 jogos, com 30 triunfos, 22 empates e 22 derrotas, um aproveitamento de 50,4%. Como técnico do time, ele conquistou por duas vezes o Baianão, em 2019 e 2020. Em comunicado divulgado no site oficial do clube, foi informado que o auxiliar Cláudio Prates ficará no lugar do comandante enquanto um novo nome não for anunciado. O próximo compromisso do Bahia é neste domingo, 6, diante do Internacional, atual líder do Brasileirão Série A. O confronto está marcado para acontecer às 16h, no Beira-Rio, em Porto Alegre. FONTE Alex Torres FOTO Felipe Oliveiria -E.C BAHIA

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Após passagem pela Europa, Eric Ramires pode retornar ao Bahia

Sem contratações durante o período da pandemia, o Bahia pode contar com um reforço já conhecido da torcida tricolor. O meia Eric Ramires, de 20 anos, pode retornar ao clube. Emprestado ao Basel-SUI, o jogador teve o contrato de empréstimo concluído nesta segunda-feira, 31, e aguarda a negociação entre a diretorias para ter o futuro definido. Caso não prolongue sua passagem com o time suíço, Ramires deve se reapresentar ao Bahia. Negociado com o time europeu em setembro de 2019, o meia não conseguiu cumprir as metas estabelecidas no vínculo com a equipe. Para ser comprado pelo time suíço pelo valor de R$ 30 milhões, Ramires deveria ter atuado por 23 partidas, mas participou apenas de 16 jogos. FONTE ATARDE FOTO FILIPE OLIVEIRA. E.C BAHIA