MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Bola aérea salva. Vitória sai atrás, perde pênalti, mas vira em Anápolis



O Vitória saiu atrás, mas encontrou forças na noite desta quarta-feira, em Anápolis, para deixar o campo com o resultado positivo e assim minimizar a crise que atravessa. Mesmo desperdiçando uma cobrança de pênalti, conseguiu virar sobre o Anapolina - com gols de Rogério e Luiz Gustavo - e assim conquistou um importante triunfo, de 2 a 1, no jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil.
Desta forma, o Vitória pode até perder por 1 a 0 no duelo de volta, no Barradão, dia 15 de abril, que ainda assim avança à segunda fase do torneio nacional.
Fases do jogo: O primeiro gol da partida saiu logo aos 11min. Depois de cruzamento a meia altura da esquerda, Romário tentou dominar dentro da área e acabou, sem querer, dando um passe na medida para Pedro Oldoni, ex-Vitória, completar para as redes e marcar contra a sua ex-equipe. 1 a 0 no estádio Jonas Duarte. Pouco depois, aos 20min, Neto Baiano teve uma chance de ouro para deixar tudo igual, em pênalti sofrido por Rogério. Porém, o centroavante tirou demais do goleiro, carimbou o travessão e acabou desperdiçando a cobrança.
No segundo tempo, porém, o Vitória, de tanto insistir nas bolas aéreas, enfim conseguiu chegar ao empate. Rogério aproveitou cruzamento da direita, ganhou a dividida com o defensor e mandou para as redes, deixando tudo igual, aos 24min. 1 a 1. O gol da virada veio já aos 36min. Depois de cobrança de escanteio, Luiz Gustavo apareceu por trás da defesa do Anapolina e subiu sozinho para mandar de cabeça para as redes, garantindo assim o resultado positivo ao time baiano, que agora volta as atenções para a Copa do Nordeste.

O melhor: Rogério. Deu trabalho à defesa do Anapolina. Sofreu um pênalti, desperdiçado por Neto Baiano, marcou um gol e ainda criou outros lances de perigo.
O pior: Neto Baiano. Além de desperdiçar o pênalti, algo que já havia acontecido recentemente, perdeu um gol incrível no segundo tempo.
Para lembrar:
Nem entrou. O atacante Rhayner sentiu dores na cervical, foi vetado pelo departamento médico e virou desfalque de última hora. Rogério iniciou a partida em seu lugar.
Estreia. Foi o primeiro jogo do Vitória com Raimundo Viana na presidência. Ele ganhou a eleição realizada na última terça-feira e assumiu o lugar deixado por Carlos Falcão, que renunciou na semana passada.

Fonte uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário