MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

sábado, 23 de julho de 2016

Estreante, Luiz Antônio marca e Bahia vence o Luverdense na Arena Fonte Nova

Estreante, Luiz Antônio marca e Bahia vence o Luverdense na Arena Fonte Nova
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Depois de três jogos, o Bahia voltou a sentir o gosto do triunfo no Campeonato Brasileiro da Série B neste sábado (23). Em uma noite marcada pelas estreias, o Esquadrão bateu o Luverdense por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, pela 17ª rodada da competição nacional. O único gol da partida foi marcado pelo volante Luiz Antônio, que fez a sua primeira partida com a camisa tricolor.
 
Com o resultado, a equipe subiu aos 24 pontos e assumiu a oitava posição. No próximo sábado (30), às 16h30, o desafio será contra o Bragantino, em São Paulo.

O JOGO
 
Quando a equipe tricolor entrou em campo, puderam ser observadas várias mudanças. Para enfrentar o time do Mato Grosso, Guto Ferreira promoveu as estreias, do goleiro Muriel, do lateral-direito Eduardo, do zagueiro Tiago, do volante Luiz Antônio e do meia-atacante Allano. 
 
Nos primeiros minutos de jogo, a equipe tricolor dominou a posse de bola e buscou o ataque para chegar ao primeiro gol do jogo. Aos cinco minutos, a primeira tentativa: Juninho levantou bola na área em cobrança de falta, Hernane desviou e Diogo Silva defendeu.
 
Luverdense e Bahia perdem chances
 
Na primeira subida ao ataque, o Luverdense assustou. Aos sete minutos, Raul Prata cruzou na área, Tozin desviou para fora. Logo depois, veio a resposta tricolor. Hernane deu ótimo passe para Allano, que ficou de frente para o goleiro Diogo Silva. O jovem atacante tocou rasteiro e a bola ficou bloqueada pelo arqueiro.
 
Dominando o jogo, o Bahia voltou a assustar aos 12. De longe, Renato Cajá chutou e Diogo Silva, atento, efetuou a defesa. Depois, após sobra, Renato Cajá tocou para Eduardo no lado direito, o lateral tocou rasteiro para a área e Gabriel Valongo evitou a finalização de Allano.
 
Aos 14 minutos, Feijão efetuou belo lançamento para Renato Cajá. Livre, o meia tocou por cima do goleiro Diogo Silva e a bola passou ao lado da meta.
 
Efetivo na partida, Renato Cajá causou mais um susto a Diogo Silva aos 19 minutos, quando pegou sobra fora da área e bateu para boa defesa do goleiro.
 
Rogerinho perdeu grande chance
 
Aos 28, Régis fez ótima jogada pelo lado direito da defesa do Bahia e tocou para Rogerinho que, com liberdade na grande área, bateu por cima da meta defendida por Muriel.
 
Gabriel Valongo quase marca contra
 
Logo depois, após troca de passes pelo lado direito do ataque, Luiz Antônio tocou rasteiro para a área e Gabriel Valongo quase marca contra a própria equipe. 
 
Aos 34, a bola sobrou com Juninho na intermediária. Sem marcação, o volante ajeitou e finalizou por cima do gol de Diogo Silva.
 
Cajá acerta a trave
 
Logo depois, foi a vez de Renato Cajá arriscar. Próximo da grande área, o camisa 10 bateu com força e a bola bateu na trave.
 
Diogo Silva salva o Luverdense
 
Mostrando muita vontade na partida, Renato Cajá avançou pela direita aos 40 minutos e deu bom passe para Hernane. Dentro da grande área, o artilheiro tricolor ajeitou de primeira e bateu com a perna esquerda para uma defesa plástica de Diogo Silva.
 
Luiz Antônio abre o placar para o Bahia
 
Quando a torcida do Bahia já se preparava para ir às cantinas da Arena Fonte Nova, veio o primeiro gol do Esquadrão na partida. Aos 47, Renato Cajá cruzou na área, a defesa do Luverdense desviou, o estreante Luiz Antônio dominou com o peito e bateu com força para o fundo do gol.


Segunda etapa
 
Dono do placar e com maior posse de bola, o Bahia chegou assustanto aos cinco minutos do segundo tempo. Pelo lado esquerdo, João Paulo cruzou para a área e Gabriel Valongo evitou que Hernane tocasse na bola. Dois minutos depois, João Paulo cruzou para Allano. Com liberdade, o jovem atacante cabeceou mal e a bola passou ao lado do gol de Diogo Silva.
 
Pouco exigido na partida, Muriel teve que trabalhar aos nove minutos, quando Paulinho cruzou na área e o goleiro saiu com um soco.
 
A pressão por mais um gol continuou po parte do Bahia. Aos 13 minutos, Luiz Antônio tocou para Renato Cajá, que cruzou na área e viu Gabriel Valongo impedir mais uma possibilidade de conclusão de Hernane Brocador. Três minutos depois, Juninho levantou bola na área, Diogo Silva saiu mal e a bola sobrou com Hernane, que não conseguiu completar.
 
Apresentando menor nível de intensidade ofensiva, o Bahia viu o Luverdense tentar o empate. Aos 20 minutos, após cobrança de escanteio e uma sequência de falhas do tricolor, Muriel conseguiu ficar com a bola. Logo depois, mais uma chegada do time do Mato Grosso. Depois de bola rebatida, Rogerinho chutou com desvio e a bola foi para a linha de fundo.
 
Aos 22, Juninho virou boa bola para Eduardo. O lateral-direito dominou bem, cruzou na área e o atacante Allano cabececeou para defesa do goleiro Diogo Silva. Cinco minutos depois, mais uma investida tricolor. Luiz Antônio ajeitou para Feijão, que bateu e a bola foi bloqueada pela defesa. Na sobra, o volante tocou mal e devolveo a posse para o adversário.
 
Com 28 minutos, Régis recebeu um belo lançamento de Feijão no lado esquerdo e cruzou para a área. No embalo da velocidade de retorno, o lateral Paulinho desviou e quase marcou contra.
 
Nos últimos 15 minutos, o Bahia adotou uma postura recuada, esperando o time visitante e tentando jogadas de contra-ataque. Visando explorar esse fator, Guto Ferreira colocou Luisinho. No entanto, o atacante errou todas as jogadas em que foi acionado.
 
Diogo Silva faz grande defesa
 
Aos 41, Juninho, de fora da área, bateu colocado na bola e obrigou Diogo Silva a fazer uma defesa sensacional. Logo depois, após cobrança de escanteio, a posse ficou com o Luverdense. Esta foi a última grande jogada da partida, que terminou vencida pelo Bahia.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Luverdense
Série B – 17ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 23/07/2016
Horário: 18h30
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira e Michael Correia (RJ)
Cartões amarelos: Éder, Renato Cajá (Bahia) / Paulinho, Sérgio Mota (Luverdense)
Gols: Luiz Antônio (Bahia)
 
Bahia: Muriel, Eduardo, Tiago, Éder e João Paulo; Feijão, Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá (Régis); Allano (Luisinho) e Hernane Brocador (Zé Roberto). Técnico: Guto Ferreira
 
Luverdense: Diogo Silva, Raul Prata, Gabriel Valongo, Everton e Paulinho; Ricardo (Sérgio Mota), Moacir, Jean Patrick, Régis (Hugo e Rogerinho (Baggio); Tozin.Técnico: Júnior Rocha

por Ulisses Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário