MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Bahia passa fácil pelo Moto Club em Pituaçu pela Copa do Nordeste


Ainda que contra um adversário limitado, o Bahia voltou a mostrar sua força na Copa do Nordeste. Numa partida em que dominou o adversário durante os 90 minutos, o Tricolor venceu o Moto Club-MA por 2 a 0, ontem à noite, em Pituaçu, assumindo temporariamente a liderança do Grupo B da competição.

O Esquadrão tem agora quaro pontos na tabela, três a mais que o Moto Club, além de Altos-PI e Fortaleza, que se enfrentam hoje, às 16h (da Bahia), em Teresina.
O triunfo de ontem foi o 11º consecutivo do Bahia como mandante em jogos oficiais. O próximo compromisso do Tricolor é pelo Campeonato Baiano, na quarta-feira, às 18h30, contra o Bahia de Feira, novamente em Pituaçu.

O jogo
Desde o início do jogo o Bahia mostrou que faria do Moto Club uma presa fácil. Com sua habitual estratégia de pressionar a saída de bola do adversário, mas desta vez contando com uma atuação mais contundente dos meias Régis e Zé Rafael, além do centroavante Hernane, o Tricolor dominou o adversário e criou pelo menos quatro boas chances de abrir o placar em Pituaçu.

O tento, contudo, não saiu com a bola rolando, mas numa falta da meia-lua, cobrada com maestria por Régis, no ângulo esquerdo do goleiro, aos 25 minutos. O gol não mudou o panorama da partida, que seguiu com um Bahia paciente (às vezes até demais) no toque de bola, procurando sempre o melhor momento para atacar.

O Moto Club veio para o 2º tempo com duas alterações, mas o que não mudou foi a dinâmica do jogo, que seguiu com o Bahia controlando a bola e chegando ao ataque com frequência. Régis continuou comandando as ações ofensivas do time, que contou ontem  também com uma partida bem consistente do lateral direito Eduardo, que combinou bem em vários lances com Zé Rafael e  Alione, sempre que caiam por aquele lado do campo.

Aos 20, Cajá entrou na vaga de Alione, que correu muito, mas não transformou sua movimentação em muitos lances de perigo.

De tanto martelar o Moto Club, o Bahia finalmente ampliou sua vantagem, aos 28,  quando Hernane converteu um pênalti sofrido por ele mesmo, deslocando o goleiro.
Após o segundo gol, Guto Ferreira trocou Régis e Zé Rafael por Diego Rosa e Kaynan. O ritmo do time seguiu o mesmo, com o zagueiro Tiago ganhando todas na defesa, sem que o Moto Club finalizasse uma vez no gol na 2ª etapa. Graças a ele, e às boas atuações defensivas de Renê Júnior e Jackson, o Bahia completou seu 4º jogo oficial em 2017 sem sofrer gols.

Bahia 2x0 Moto Club-PI
Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Jackson e Pablo Armero; Edson, Renê Júnior, Régis (Diego Rosa), Zé Rafael (Kaynan) e Allione (Renato Cajá); Hernane
Téncico: Guto Ferreira

Moto Club: Ruan; Dieguinho, Wanderson, Ozeia e Chico Bala; Felipe Dias, Diego Teles (Tote), Curuca (Elton) e
Valdanes; Tony Galego e Cléber Pereira (Esdras)
Técnico: Ruy Scarpino

Gols:  Régis, aos 25 minutos do 1º tempo; Hernane (pênalti), aos 28 minutos do 2º tempo

LOCAL:  Estádio de Pituaçu, em Salvador ÁRBITRO:  Eduardo de Santana Nunes ASSISTENTES:  Vaneide Vieira de Gois e Rodrigo Guimarães Pereira (trio de SE) CARTÕES AMARELOS:  Renê Júnior (Bahia) Felipe Dias, Esdras e Ozeia (Moto Club)

PÚBLICO: 6.132 pagantes 
RENDA: R$ 67.168,50

Foto Lúcio Távora / Ag. A TARDE

Fonte Atarde/ Luiz Teles

Nenhum comentário:

Postar um comentário