MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Vitória bate o Bragantino e avança na Copa do Brasil

Jogadores comemoram um dos gols do Vitória - Foto: Margarida Neide | Ag. A TARDE
Mesmo sem apresentar um bom futebol, o Vitória superou o Bragantino por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, 22, e passou para a terceira fase da Copa do Brasil.
 O rubro-negro baiano vai enfrentar o vencedor de Vila Nova x Vasco, em jogo que acontece na quarta-feira, 1º de março. Enquanto espera, a próxima partida do Vitória será pela Copa do Nordeste, sábado, 25, às 18h45, contra o América-RN, na Arena das Dunas.

O jogo começou com o Vitória pressionando o Bragantino, que claramente buscava o empate que levaria o jogo para os pênaltis. Apesar da maior posse de bola, o ataque do Vitória tinha dificuldades de levar perigo. Pineda era o que mais se destacava no ataque rubro-negro.
A equipe baiana abriu o marcador aos 21 minutos. José Welison cobrou escanteio e André Lima se esticou todo para acertar de cabeça e abrir o marcador. Cinco minutos depois, José Welison mostra que está com o pé calibrado e cruza para Cleiton Xavier ampliar o marcador.
O segundo gol do Vitória acendeu o Bragantino que passou a ir mais para o tudo ou nada, já que só, no mínimo, o empate interessaria. O susto da torcida rubro-negra foi aos 31 minutos. José Welison derrubou Adriano Paulista na área e o juiz marcou pênalti. Vitor cobrou e diminuiu o marcador.

Pineda continuava levando perigo para a defesa do Bragantino. Em uma oportunidade, ele mandou uma bomba para bela defesa de Renan Rocha. Em outra, cruzou para André Lima, que não chegou a tempo.
Segundo tempo tenso
A segunda etapa começou e logo aos 8 minutos o Vitória ampliou o marcador. Após falta perto da área, Fred cobrou com categoria e marcou o primeiro gol dele no jogo.
Aos 24, lance polêmico. Cleiton Xavier puxou o contra-ataque e tocou para Paulinho, sozinho, marcar, mas assistente acusou impedimento e gol foi anulado.
O Bragantino botou fogo no jogo novamente aos 31 minutos. Daniel Ferreira recebeu quase na pequena área e bateu cruzado, Fernando Miguel ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.
A equipe paulista partiu para cima do Vitória, que buscava o contra-ataque e jogava acuado no próprio campo. Com 38 minutos, Pineda foi substituído e torcida chamou Argel de burro. David, que entrou no lugar dele teve a chance de calar e acalmar a torcida aos 42. Ele driblou o goleiro e, com o gol escancarado, mandou para longe soltando uma bomba.
A torcida do Vitória só relaxou quando o árbitro apitou o fim do jogo.
Vitória 3 x 2 Bragantino - 2ª Fase da Copa do Brasil
Local: Barradão, em Salvador
Quando: Quarta-feira, 22, às 19h30
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Johnny Barros de Oliveira e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)
Cartões amarelos: Euller, Uillian Correia  e José Welison (Vitória); Vitor Braga (Bragantino)
Gols: André Lima, Cleiton Xavier e Fred (Vitória); Vitor Braga e Daniel Ferreira (Bragantino)
Vitória - Fernando Miguel; José Welison, Kanu, Fred e Euller; Uillian Correia (Bruno Ramires), Willian Farias e Cleiton Xavier; Pineda (David), Kieza e André Lima (Paulinho). Técnico: Argel Fucks.
Bragantino -  Renan Rocha; Kellyton, Juliano, Guilherme Mattis e Revson (Rafael Grampola; Adenilson, Edson Sitta, Vitor Braga e Rafael Chorão (Giva); Anderson Ligeiro (Daniel Ferreira) e Adriano Paulista.
Foto Margarida Neide | Ag. A TARDE

A tarde Bruno Porciuncula

Nenhum comentário:

Postar um comentário