MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Em noite de Luisinho, Santa Cruz bate o Bahia e fica mais perto do G-4


Luisinho Santa  (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Se existia alguma dúvida sobre as possibilidades do Santa Cruz na Série B, essa acabou nesta terça-feira. Em um duelo em que a vontade superou as dificuldades de um gramado encharcado, o Tricolor pernambucano venceu o Bahia por 3 a 1 e aumentou a má fase do rival, que chega ao terceiro jogo sem vitória na Série B. Destaque para o atacante Luisinho, que com dois gols, foi o principal nome dos corais, seguido de perto pelo goleiro Tiago Cardoso, que parou o ataque adversário. Anderson Aquino, para os donos da casa, e Thales, para os baianos, completaram o placar. Com o resultado, o time do técnico Marcelo Martelotte chegou aos 22 pontos e se manteve na nona posição. Enquanto isso, o Tricolor de Aço é o sétimo, com 25. 
No próximo sábado, o Santa Cruz joga fora de casa às 16h30 contra o Oeste, no Estádio Prefeito José Liberatti. Já o Bahia joga na próxima sexta-feira, às 21h30 no estádio Frasqueirão, contra o ABC.O gramado totalmente encharcado foi um adversário a mais para as duas equipes durante todo o primeiro tempo. Mas, aos trancos, barrancos e inúmeros escorregões, foram os baianos que se mostraram melhores. O Bahia exigiu pelo menos quatro boas defesas de Tiago Cardoso, de longe, o que mais apareceu. O Santa Cruz buscava os contra-ataques e foi dessa forma que conseguiu achar um gol. Aos 37, Anderson Aquino, que já havia perdido uma chance clara, empurrou para as redes e abriu o placar. Mas os donos da casa não tiveram tempo para comemorar. Dois minutos depois, os visitantes empataram com Thales, que fez dos dois times descerem  para os vestiários com 1 a 1 no placar.  O segundo tempo começou do mesmo jeito que o primeiro terminou: os times tentavam dar prosseguimento às jogadas, mas não conseguiam evolução por causa do gramado encharcado. E, novamente, o Bahia melhor. Os visitantes perderam chances claras e chegaram a carimbar a trave logo aos oito minutos, com Maxi. De tanto perder, os baianos caíram na mesma armadilha da primeira etapa: em um contra-ataque, o Santa Cruz achou o seu gol. Anderson Aquino serviu Luisinho, que fuzilou as redes - foi o seu primeiro com a camisa coral. Para não tomar o empate, como foi no primeiro tempo, o Santa reforçou a marcação e anulou as criações do Bahia. Mas Luisinho ainda queria mais. E fez. Nos minutos finais, o atacante apareceu livre de marcação, para definir a vitória coral.
Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press) Recife G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário