MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Jogadores do Vitória celebram triunfo, mas lembram: “Tem 90 minutos ainda”

                      Ba-Vi; Tinga; Ramon; Henane; Vitória; Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação) 

                                   (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação)



No Vitória, o lema é “pés no chão”. Após o triunfo da tarde deste domingo sobre o Bahia por 2 a 0, no Barradão, pelas finais do Campeonato Baiano, o esquema do rubro-negro é evitar o clima de “é campeão” para ter serenidade no próximo fim de semana, na Arena Fonte Nova. Pelo menos é o que dizem os atletas.

Atitude. Acho que é uma palavra que não pode faltar. Jogando em casa, com apoio do torcedor, todos mostraram espírito de luta e saímos com o resultado. A gente sempre quer levantar troféus. Mas agora é ter tranquilidade. Não está definido. Fizemos um grande jogo. Temos que jogar para fazer outra grande partida e, aí sim, comemorar. A gente reverteu a vantagem. Mas o próximo jogo será difícil - avaliou.


Outros jogadores preferiram avaliar a atuação do Rubro-Negro nesta tarde. O volante Willian Farias analisou o jogo e dedicou o resultado aos mais de 20 mil torcedores que marcaram presença no estádio.


- Acho que a gente fez jogo de estilo Ba-Vi. De primeira e segunda bola. De brigar bastante. Faltou um pouco de bola no chão, jogar mais, ter mais posse de bola. Mas o Bahia, no segundo tempo, pelo placar de 2 a 0 do primeiro tempo, também o mérito de jogar um pouco mais e buscar o gol. A gente fez o papel de defender e defendeu bem. A torcida de parabéns, compareceu. Dedico a vitória a esse torcedor que compareceu e nos apoiou - disse.

O atacante Kieza, que defendeu o Bahia em 2015, pregou respeito ao adversário. Mas, apesar do passado recente ligado ao Tricolor, ele não se fez de rogado: garantiu que o Vitória vai fazer o possível para levantar o troféu na próxima semana.

- É uma grande equipe, tem que respeitar. Vamos fazer um grande segundo jogo para a gente conseguir o título. A gente tentou, infelizmente a bola não entrou, mas a gente fez um grande jogo - avaliou.
Bahia e Vitória se enfrentam novamente às 16h do próximo domingo, na Arena Fonte Nova. Para conquistar o título, o Rubro-Negro precisa de um empate e pode até ser derrotado por um gol de diferença.


- Não [é campeão ainda]. A gente tem 90 minutos ainda, fez bem dever de casa. Agora é trabalhar para o jogo de domingo – afirmou o meia Leandro Domingues.
O lateral-esquerdo Diego Renan seguiu a linha do companheiro de equipe (assista ao vídeo acima). Ele lembrou a vontade do Vitória de sempre conquistar títulos, mas destacou a necessidade de ter calma para conseguir comemorar após o jogo de volta. 
Ba-Vi; Tinga; Kieza; Feijão; Vitória; Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação)


Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação)
 Por Salvador

Nenhum comentário:

Postar um comentário