MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Bahia deve repetir formação que o levou à final da Copa do Nordeste


Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior, Edson e Régis; Allione, Zé Rafael e Edigar Junio. Foi com esta escalação que o Bahia fez sua melhor partida no ano e conseguiu se classificar à final da Copa do Nordeste ao derrotar o Vitória por 2 a 0 em dia mágico numa Fonte Nova com 35 mil tricolores.
A formação foi repetida no clássico seguinte, pelo primeiro jogo da decisão do Baiano. O desempenho na etapa inicial daquele embate deu sequência ao que a equipe fez no regional. Porém, já com sinais de desgaste, permitiu o empate no tempo complementar e, nos quatro duelos que vieram depois, o técnico Guto Ferreira teve de lidar com desfalques.
Nesta quarta-feira, 24, no grande desafio do ano até aqui – o encontro que vai definir o vencedor do Nordestão após o empate por 1 a 1 com o Sport em Recife – a Fonte Nova, agora com mais de 40 mil tricolores, poderá ver aquele mesmo time que dominou o rival e fez festa.
No Ba-Vi do Barradão que deu o título baiano ao Vitória, o raçudo volante Renê Júnior se ausentou. Depois, no 6 a 2 sobre o Atlético-PR, Renê e Armero ficaram de fora. Do 1 a 1 com o Leão da Ilha não participaram Edson, Régis e Armero. E, no jogo do último domingo, contra o Vasco, Guto decidiu poupar titulares: Lucas Fonseca, Renê Júnior, Edson, Régis, Allione e Zé Rafael não figuraram na escalação inicial.
Já sem problemas físicos e de suspensão, o elenco tricolor se apresentou nesta segunda-feira, 22, para o primeiro dos dois dias de treino com foco exclusivo na finalíssima do regional. Allione falou sobre a espera pelo início da partida. “Cada jogador encara isso de maneira diferente. No meu caso, fico ansioso só no dia do jogo mesmo. Nos dias anteriores, procuro focar apenas nos treinamentos”, disse.
Em relação ao clima para o confronto, com ingressos já esgotados, o argentino comentou: ”Saber que a torcida vai lotar a Fonte Nova faz a gente encarar o jogo com mais vontade do que o normal. Eles vão ao estádio porque acreditam na gente. Sabem que a gente vai dar o máximo para conquistar esse título”. Allione e os demais atletas que atuaram por 45 minutos ou menos diante do Vasco participaram de um treino técnico no Fazendão.
Ainda tem vaga
Apesar de não haver mais entradas disponíveis nos pontos de venda, ainda há vaga no estádio para quem decidir se associar. Na última sexta, o Bahia separou 850 lugares para novos sócios do tipo Acesso Garantido. Dessas, 766 já foram ocupadas pelas recentes adesões.
O movimento na Central de Atendimento ao Sócio (CAS), no Shopping Capemi, foi intenso nos dois primeiros dias da ‘promoção’. “Hoje já foi bem mais tranquilo. E deve ser assim até o dia do jogo, pois acabaram os planos mais baratos”, explicou Rafael Ribeiro, gerente da CAS.
Restam três lugares para o Lounge Premium (valor mensal de R$ 220, mais R$ 25 da adesão) e 81 para o Oeste (R$ 135 por mês, mais os R$ 25 da adesão). A CAS abre nesta terça, 23, e quarta das 9h às 19h (com possibilidade de fechar mais cedo na quarta por conta da operação do jogo).
O Bahia tenta também liberar para sua torcida parte do setor Sul, destinado aos visitantes. No entanto, a reunião realizada nesta segunda para tratar desse assunto ainda não trouxe uma definição.
Por Daniel Dórea / Atarde

Foto Felipe Oliveira l EC Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário