MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

RELEMBRE EM NÚMEROS A TRAJETÓRIA DAS FINALISTAS DO INTERMUNICIPAL 2017


No próximo domingo (26), Euclides da Cunha e Eunápolis iniciam a disputa do título do Intermunicipal 2017. Um confronto inédito na final de uma edição da maior competição de futebol amador do país.

As duas Seleções buscam o primeiro título de suas histórias. Euclides já teve duas oportunidades e bateu na trave em 2002 e 2003. Eunápolis vai para sua primeira decisão.

Para chegarem à disputa da taça, as finalistas tiveram uma longa e árdua caminhada desde 6 de agosto, da rodada de abertura do campeonato. Nestes quase quatro meses, as duas equipes realizaram 16 jogos.

Antes de a bola rolar na decisão do título, o Portal FBF traz para você, torcedor, o retrospecto de cada finalista do Intermunicipal 2017.

EUCLIDES DA CUNHA

A Seleção do Nordeste Baiano vai para sua terceira final da competição. Na primeira delas, em 2002, perdeu o título para Itamaraju. Já na segunda, em 2003, foi vice-campeã ao perder a taça para São Félix.

Quatorze anos depois, Euclides da Cunha volta a disputar o título após uma campanha de destaque nas primeiras fases do certame. Em 16 jogos disputados, foram nove vitórias, cinco empates e duas derrotas, para Biritinga e Serrinha, na 1ª e 3ª rodadas, respectivamente.

A Seleção Euclidense marcou, até aqui, 34 gols, sofreu 18 e tem um saldo positivo de 16 gols. Seus 66,6% de aproveitamento lhe garantem o direito de fazer o duelo decisivo da final no seu mando de campo.

Além do apoio da torcida, Euclides da Cunha tem como arma o maior goleador da história do Intermunicipal. O experiente Pim é centroavante da equipe e chega para a decisão na liderança da corrida por mais uma artilharia, com 13 gols marcados.

Histórico de Jogos

1ª fase
Biritinga 2 x 1 Euclides da Cunha 
Euclides da Cunha 3 x 2 Canudos
Euclides da Cunha 0 x 1 Serrinha
Serrinha 0 x 0 Euclides da Cunha
Canudos 1 x 3 Euclides da Cunha
Euclides da Cunha 4 x 2 Biritinga

2ª fase
Euclides da Cunha 4 x 1 Senhor do Bonfim
Senhor do Bonfim 1 x 1 Euclides da Cunha

3ª fase
Euclides da Cunha 3 x 1 Riachão do Jacuípe
Riachão do Jacuípe 2 x 2 Euclides da Cunha

4ª fase - Oitavas de Final
Euclides da Cunha 3 x 1 Itaberaba
Itaberaba 0 x 0 Euclides da Cunha

5ª fase - Quartas de Final
Euclides da Cunha 4 x 1 Porto Seguro
Porto Seguro 1 x 1 Euclides da Cunha

6ª fase - Semifinal
Euclides da Cunha 3 x 1 Itabela
Itabela 1 x 2 Euclides da Cunha

EUNÁPOLIS
 
Já Eunápolis chega, pela primeira vez na sua história, a uma final de Intermunicipal. Antes, as melhores campanhas da Seleção do Sul Baiano haviam sido feitas em 1989, quando terminou a competição no sexto lugar geral entre 100 participantes, e 2015, quando terminou em 3º lugar após ser eliminada por Santo Amaro, que veio a ser a campeã daquela edição, na semifinal.

Hoje, dois anos depois, Eunápolis deu o troco e eliminou a própria Santo Amaro para chegar à inédita decisão e lutar pelo tão sonhado título. Passar pela Seleção de melhor campanha em 2017 deu moral aos eunapolitanos, mas a campanha da equipe em todo o campeonato também é motivo de comemoração.

Em 16 jogo disputados, Eunápolis venceu sete, empatou oito e perdeu apenas um, para Itabela, na quarta rodada. Foram 21 gols marcados e somente seis sofridos. Um saldo positivo de 15 gols e um aproveitamento de 60,4%.

E se Euclides da Cunha tem o goleador Pim a seu favor, Eunápolis tem o paredão Márcio Greick. Reconhecidamente um dos melhores goleiros da história da competição, o capitão da equipe tem números invejáveis. Ele conquistou sete títulos do Intermunicipal e agora busca, pela primeira vez atuando por Eunápolis, o octacampeonato na carreira. O colecionador de títulos foi tetra campeão com a Seleção de Conceição do Coité, entre 2005 e 2008; campeão pela Seleção de Serrinha, em 2009; e bicampeão pela Seleção de São Francisco do Conde, em 2011 e 2012.

Histórico de Jogos

1ª fase
Itamaraju 0 x 1 Eunápolis
Eunápolis 3 x 0 Teixeira de Freitas
Itabela 0 x 0 Eunápolis
Eunápolis 1 x 2 Itabela
Teixeira de Freitas 1 x 5 Eunápolis
Eunápolis 0 x 0 Itamaraju

2ª fase
São José da Vitória 0 x 0 Eunápolis
Eunápolis 4 x 0 São José da Vitória

3ª fase
Eunápolis 3 x 1 Vitória da Conquista
Vitória da Conquista 1 x 1 Eunápolis

4ª fase - Oitavas de Final
Eunápolis 0 x 0 Ipiaú
Ipiaú 0 x 1 Eunápolis

5ª fase - Quartas de Final
Eunápolis 0 x 0 Cachoeira
Cachoeira 1 x 1 Eunápolis
(Pênaltis - 3 x 4)

6ª fase - Semifinal
Eunápolis 1 x 0 Santo Amaro
Santo Amaro 0 x 0 Eunápolis

Euclides da Cunha e Eunápolis se enfrentam na partida de ida da decisão às 15h do próximo domingo (26), em Eunápolis. O confronto de volta, quando será conhecida a campeã inédita acontecerá no dia 10 de dezembro, também às 15h, em Euclides da Cunha.

Fotos: Geovan Santos / Ligeirinho no Esporte
Por Comunicação FBF 

Nenhum comentário:

Postar um comentário