MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

sábado, 24 de março de 2018

Com dois gols de Neilton, Leão vence o Bahia de Feira e se classifica para final

Neilton fez o gol da vitória do Leão - Foto: Raul Spinassé | Ag. A TARDE
O Vitória cumpriu com seu papel e venceu o Bahia de Feira, com o placar de 3x2, na tarde deste sábado, 24, no Barradão, em partida válida pela semifinal do Campeonato Baiano. Com gols de Neilton - que balançou as redes duas vezes -, e Uillian Correia, o Leão se classificou para a final do Baianão.
Além de jogar por um empate, pode-se levar em consideração que o Vitória teve mais uma vantagem no duelo contra o Tremendão: jogou em casa com a presença da torcida, que mesmo com chuva compareceu ao estádio para apoiar o Rubro-Negro em uma partida decisiva.
Os gols de empate do Tricolor de Feira, marcados pelo meia Bruninho e o volante Jarbas, chegaram a assustar o Leão - já que no jogo de ida-, ocorrido no último domingo, 18,o Tremendão conseguiu o empate no finalzinho do segundo tempo. Derrotado, com a virada do Vitória, o Bahia de Feira foi eliminado da competição. 
O jogo
Com troca de passes no meio de campo, o Vitória iniciou o primeiro tempo mostrando o porquê de ter chegado nas semifinais. Se impondo e dando poucas chances ao time adversário, o Leão mostrou ser o melhor na partida. A prova foi tanta que aos seis minutos, Neilton recebeu a bola na entrada da área e não pensou duas vezes em chutar para as redes do goleiro Jair. Com um forte chutão, o atacante abriu o placar da partida. 
Dois minutos depois, em jogada entre Neilton e Nickson, Jonatas Belusso recebeu a bola, marcou para o Leão, mas o gol foi anulado por posição de impedimento de Nickson.
 Mesmo com dificuldades nas jogadas, o Bahia de Feira não mostrou fragilidade, apesar das poucas tentativas de bolas lançadas ao gol. Numa tabelada com Deon, o zagueiro rubro-negro, Ramon, e o goleiro Caíque, não conseguiram impedir o gol de empate do Tremendão, marcado por Bruninho, aos 19 minutos
A partir daí, o Tricolor melhorou o futebol que vinha apresentando logo no início. Do outro lado, com erros de passes, o Vitória caiu em qualidade. Aos 29, Neilton recebeu a bola mais uma vez na entrada da grande área, mas chutou para fora e perdeu a chance de fazer mais um gol. As tentativas de virar o placar continuaram e foi aos 34 minutos que, em um um rebote de Jair, Uillian Correia marcou o segundo gol do Rubro-Negro.
Para quem conseguiu o empate em duas partidas contra o Vitória, poderia conseguir outra vez, até porque ainda tinha tempo suficiente para fazer com que isso acontecesse e foi feito. Dez minutos após a virada do Leão, Jarbas cabeceou e deixou tudo igual no Barradão, com 2x2.
A expectativa do torcedor e do time era que o Vitória voltasse do intervalo com todo gás possível. Até porque, o placar deixado no final do primeiro tempo, apresentava perigo para o time de casa. A expectativa foi correspondida. O Leão voltou melhor, apresentando mais velocidade e mais perigos para o goleiro Jair. 
Aos 3 minutos, Jonatas Belusso perdeu gol, nas proximidades da pequena área, aos 17, o atacante foi substituído por Luan. Essa foi a primeira modificação feita pelo técnico auxiliar, Anderson Batatais desde o início da partida.
Pressionando o time visitante, o Vitória buscava a virada, mesmo tendo vantagem do empate. Apesar de algumas falhas do Rubro-Negro, poucas foram as vezes que o Tremendão teve a oportunidade de ameaçar o goleiro. O alívio do Vitória surgiu aos 30 minutos, quando o artilheiro Neilton marcou seu segundo gol na partida e deixou o Leão na frente por 3x2. 
Daí para frente até que o Bahia de Feira passou a pressionar um pouco mais e o Leão perdeu várias chances de ampliar o placar. As finalizações sempre frustradas. A bola era lançada para o gol de Jair, mas depois do gol do artilheiro, as redes não foram mais balançada no Barradão. Para o Bahia de Feira, o resultado ocasionou a desclassificação no campeonato. Já o Vitória, que busca o terceiro título consecutivo no Baianão, garantiu a vaga na final.
*Sob supervisão da editora Paula Pitta
Fonte Silvânia Nascimento / Atarde


Nenhum comentário:

Postar um comentário