MSG

DE TERÇA A SEXTA O ESPORTE COM LIGEIRINHO TEM ENCONTRO MARCADO NA PORTO BRASIL FM 88,7 OU NO WWWW.RADIO88FM.NET

NOTÍCIAS DO ESPORTE NA BAHIA, NO BRASIL E NO MUNDO.

PUBLICIDADE

quinta-feira, 22 de março de 2018

Vitória goleia o Ferroviário e assume liderança do grupo no Nordestão

 Baumjohann comemora gol com Yago, camisa 77 do Vitória - Foto: Moyses Suzart l EC Vitória l Divulgação
 Com pouco mais de duas horas de atraso, devido ao apagão que atingiu estados no Norte e Nordeste do País, Ferroviário e Vitória entraram em campo na noite desta quarta-feira, 21, para encerrar a 5ª rodada do Grupo B da Copa do Nordeste. Quando a luz voltou, melhor para o Rubro-Negro, que venceu por 4 a 1, pulou para liderança do grupo e encaminhou a classificação para as quartas de final.


Denílson, Baumjohann e Yago, duas vezes, foram os responsáveis pelo gols do Leão. O meia Lucas descontou para os donos da casa.
Mancini aproveitou o jogo para rodar o elenco e mandou para campo uma formação alternativa. Baumjohann começou entro os titulares pela primeira vez e aproveitou bem a chance. Ele foi o nome do jogo com um gol e uma assistência.
Quando a luz voltou
Assim como os refletores, que demoraram para ascender, os jogadores também levaram um tempo para esquentar no jogo. O que vimos nos primeiros minutos foi um festival de passes errados e balões para área.
Quando colocou a bola no chão e trocou passes, o Rubro-Negro chegou ao gol. Aos 22 minutos, Baumjohann recebeu passe rasteiro pela direita e praticamente colocou a bola na cabeça de Denílson, que só precisou empurrar para o gol.
Foi o primeiro indício de que a noite seria mesmo do alemão. Treze minutos depois de dar uma assistência, ele deixou o dele. A jogada começou no lado esquerdo, com Pedro Botelho, que avançou e descolou um passe pelo meio da defesa adversária. Do outro lado, Baumjohann acertou um chutaço e marcou seu primeiro gol pelo Leão.
Diante de um time reserva do Ferroviário, que volta a entrar em campo hoje pelo campeonato estadual, Caíque foi um mero observador durante o primeiro tempo. Apesar de algumas bolas alçadas na área, o goleiro rubro-negro não chegou a sujar o uniforme.
Por outro lado, o time misto do Vitória seguiu dando trabalho e matou o jogo ainda na primeira etapa. Yago cobrou falta da entrada da área com categoria e fez o terceiro aos 45 minutos.
As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações de jogadores, e também sem mudanças na postura em campo. Assim como fez durante a primeira etapa, os donos da casa seguiram insistindo apenas em bolas jogadas na área, sem levar muito perigo do Leão.
Em contrapartida, o Vitória esteve perto do quarto gol com Luan. O camisa 15 aproveitou passe após cobrança de falta ensaiada e chutou forte para boa defesa de Mailson.
Aos 13 minutos do segundo tempo, um momento muito esperado pelo torcedor rubro-negro: o retorno de Willan Farias. Depois de mais de oito meses afastado dos gramados por causa de uma lesão no joelho, o camisa 5 entrou no lugar de Lucas Marques sob gritos de “o capitão voltou”.
Menos de um minuto depois da entrada de Farias, foi a vez do torcedor do Ferroviário comemorar. O meia Lucas aproveitou cobrança de escanteio e usou a cabeça para inaugurar o placar dos mandantes.
O gol sofrido acordou o Vitória, que voltou a tentar se impor para chegar ao quarto gol, e ele quase veio em finalização de Baumjohann. Aos 22 minutos o alemão fez sua última participação no jogo, depois deu espaço para entrada de Cleiton Xavier.
O placar de 3 a 1 não era suficiente para colocar o Leão na liderança, mas aos 44 minutos da segunda etapa, Luan foi derrubado na área. Na cobrança do pênalti, Yago deu números finais ao jogo e garantiu a ponta.

Fonte Rafael Teles e Luís Felipe Brito*/ A Tarde
Foto A Tarde 

Nenhum comentário:

Postar um comentário